03/06/2009

AMOR: AZUL-ENCANTO





O amor é azul-encanto,
tem cheiro de maresia,
adoça os sonhos com mel,
vem em golpe solto ao sol,
puxa a gente como as ondas,
sabe cantar com os pássaros,
inventa mil mentiras e verdades,
enbala o sono, os voos e fantasias.

O amor pede sempre mãos dadas
e pede olhos bem nos olhos.

O amor viaja em abraços e beijos,
aquece e causa arrepios.

O amor nega o lógico
e atesta o impossível.

O amor é capaz de voar
nos minutos de carícias.

É mestre em eternizar
as horas de separação.

Elias José
In Noites de Lua Cheia
tela Lauri Blank                                 

Nenhum comentário: