22/09/2009


http://www.dw-world.de/popups/popup

POESIA NO CÉU

E agora Drummond?
E agora poeta?
Nós ficamos sem você.

Será mesmo,Carlos,será?
Se a poesia, é você,
se você é poesia
e a poesia não morre,
você estará por aí, no ar,
no céu,no sol, nas estrelas,
num sorriso cristalino,
nas asas de um passarinho,
nas asas da liberdade.

Feliz encontro,poeta,
da poesia com a poesia,
matar a saudade de Cora,
fazer poesia de meia.

Com certeza escreverão
poemas tantos, os dois
e os soprarão para nós,
na vinda das primaveras.

Luiz Carlos Amorim
In Emoção Não Tem Idioma

2 comentários:

Rachan fada disse...

Olá Dione...

Belo blog! Combinação sensivel entre arte&poesia...poesia&arte...
Tua alma deve ser assim...repleta de flores!
Belos dias pra ti!!!

Rachan

iracema forte caingang disse...

Lindo!gosto muito dele.
Bom dia bjs