26/11/2009


Foto de mindfulness no Flickr

há pássaros investido em mim
saudades e força das tardes
despoluídas de céus
escuros e velhos

sinto o roçar de asas brancas
de luzes marés
no interior do meu corpo

agora entrego meus dias ao voo
distendo meu espaço à luta
contra o passado obscuro
palmilho o céu das noites prenhas e
provoco o parto necessário
dos novos amanhãs.

Renato Tapado
In Poemas para quem Caminha

2 comentários:

Sonhadora disse...

Um poema lindo.
Boa noite
Sonhadora

uminuto disse...

lindo este despertar de um novo amanhã