21/02/2010


The Dream, 1939 by Marc Chagall

DIA DE SONHO

Quero um dia de sonho
para, antes do sol nascer,
colher gotas de orvalho
e dar de beber na mão
ao primeiro pássaro que vier,
cantando uma linda canção.

Quero um dia de sonho
para andar nua na chuva,
pisar em folhas de canela,
sentir seu cheiro doce,
e, como se gazela fosse,
correr por aí, toda a graça pura.

Quero um dia de sonho
para virar princesa da tarde,
apanhar flores no campo,
com elas me enfeitar
e pedir a José, o Santo,
que você seja sempre meu par.

Quero um dia de sonho
para me agarrar à nuvem primeira que passar,
sair voando, leve como criança,
e lá do alto, jogar na terra
poeira de esperança,
pedindo a Deus que o mundo inteiro
comece a se amar...

Quero um dia de sonho
para não mais sonhar!

Nair Gai
In Modo Condicional,Poesias

Um comentário:

Anônimo disse...

QUE BACANA !!!!PENSEI QUE NUNCA MAIS FOSSE ACHAR ESSE POEMA SABE COMO EU O CONHECI?????? TINHA UM 13 ,OU 14 ANOS FAZENDO CURSO DE DATILOGRAFIA A PROFESSORA ME DEU ESSE POEMA PARA DATILOGRAFAR ISSO E MASSA !!!!!!!!!!!PO PARABENS MESMO VALEU, TCHAU