17/06/2010

INVERNO E LIVROS DE HISTÓRIAS COM FIGURAS


 Ao findar-se o verão, o inverno chega,
frias manhãs e tiritantes dedos,
tordos na janela e gralhas escuras,
e esses livros de histórias com figuras.

Agora a água se transforma em pedra,
e eu caminho, com a pajem, sobre ela,
mas inda achamos córregos que fluem
nesses livros de histórias com figuras.

Todas as coisas belas congregadas
estão à espera do infantil olhar,
pastor, cajado,ovelhas e verdura,
nesses livros de histórias com figuras.

Veremos como são todas as coisas,
os mares e as cidades, perto e longe,
o voejar das fadas e das bruxas
nesses livros de histórias com figuras.

Com a alegre lembrança cantarei
desse tempo feliz, junto à lareira,
num quarto de brinquedos, tão seguro,
lendo livros de histórias com figuras?

Robert Louis Stevenson (1850-1894)
In As Quatro Estações
Pintura de Laura Muntz - Lyal


3 comentários:

Fernando Campanella disse...

Ah, esqueci, a foto desta postagem combinou tanto, linda... belíssimo foto/poema.

Fernando Campanella disse...

Este poema do Stevenson é maravilhoso, tem a magia da poesia, do mundo interior cultivado em aconchego e fantasia. Bjos, minha amiga, vi poetas novos por aqui, e te dou os parabéns por sempre buscares novos lampejos de poesia.

Dione Cristina Coppi Eller disse...

Obrigada pela visita, querido Amigo.Fico imensamente feliz que tenhas gostado.Beijo