29/08/2010

MUITO COMUM























Gosto das coisas comuns!
De mar, de sol, de lua,
De andar descalça pela rua,
De jogar paciência no tapete...
De olhar a chuva que respinga na vidraça
E decifrar a figura que a gotinha traça...

De toalha branca em mesa posta,
Quem  não gosta?

De música e poesia,
De ficar sozinha,
Pensar e ter saudade,
De estar com gente
Que é gente de verdade...
De remexer em aparelho enguiçado,
De resolver problema complicado...

Gosto da carta que logo tem resposta.
Quem não gosta?

Gosto das coisas comuns!
Gosto de margaridas no jardim,
Gosto de ipê florindo na janela,
De um papo gostoso à luz de vela,
De ouvir rádio, ler jornal,
De banda desfilando, carnaval...

Gosto de abraço que me enrosca,
Gosto do rosto que o meu rosto encosta.
Quem não gosta?

Gosto das coisas comuns...
De incomum, só gosto de você!

Mila Ramos
In Pé de Vento
tela by Camille Soulayrol et Louis Gaillard

2 comentários:

iracema forte caingang disse...

Saudades!linda poesia
Tudo de bom amiga.
Mil beijos

Dione Cristina Coppi Eller disse...

Olá,Iracema...obrigada!!!
bjs