05/03/2011

RANGER DE GALHO RACHADO


















Já todo em lascas o galho
ano após ano pendente,
seco ao vento a ranger o seu cantar,
sem folhas e sem cascas,
calvo e encardido de tanto viver,
farto de tanto morrer:
Duro e tenaz retine o seu cantar,
obstinado retine, com seu temor interno,
mais um verão,
ainda mais um inverno.

Hermann Hesse
In Andares
tela de  MirrorPix