13/05/2009


Foto de land.nick

Amiga minha, hoje no céu a Lua
Tem uma face que me lembra a tua
A Lua é sempre assim, ou é teu rosto
Que dorme no céu posto, amiga minha?

Ah, desce do teu nicho, rosto puro
E vem iluminar meu leito escuro.

Astro solitário, ó Sol
Ilumina meu poema da tua claridade matinal
Transfunde-lhe nas veias o éter com o azul
E torna-o simples.

Vinícius de Moraes
In Jardim Noturno

3 comentários:

Maria José Speglich disse...

Seu blog é nota 10
Dez
Dea.

Parabéns!

DIONE disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
DIONE disse...

Obrigada! Fico feliz que tenhas gostado...bjs