01/05/2011

DEIXA A NOITE DESCER
















Para Guedes de Miranda


Deixa, meu amigo, que a noite desça.
Se já houve tanto sol
nos dias já vividos,
se há esteiras de luz cobrindo o teu itinerário.
Deixa que a noite venha.
Haverá sempre um astro
para alumiar a tua vida,

haverá sempre um clarão,
para guiar o teu destino.
Sim, afrodite vai ressurgir do fundo dos mares,
e Apolo vai renovar suas flechas de ouro.
A noite pode descer,
mas as sombras não te envolverão
com seu manto sinistro.

Ainda não é tempo de dares adeus à vida,
nem é justo que acenes para a Morte,
assim, como se convidasse uma mulher
para compartilhar do teu leito.
A noite pode descer, amigo,
pois haverá sempre estrelas
para alumiar os teus caminhos...

Anilda Leão
In Chão de Pedras
tela de Sandro Botticelli

Nenhum comentário: