14/05/2009


Foto de chateauglenunga

POEMA DE AMOR

Ouve-me com teus olhos
Porque minha queixa é muda.
Acaricia-me com teu pensamento
Porque meu corpo está imóvel.
Beija-me com tuas mãos
Porque minha boca te espera.
Fala-me com o silêncio dos momentos de amor
Porque os ouvidos da minha vida
Se abrirão como as flores
Na úmida e infinita madrugada.

Adalgisa Nery
In Mundos Oscilantes

2 comentários:

Jose Ramon Santana Vazquez disse...

...y la paciente flor espero para hacerse un beso contigo, la vida y siempre el...desde mi alma te invito a mis horas rotas...jose ramon.

DIONE disse...

Huummm...poético rs..grata pela visita...bjs